BLOG

Saiba mais sobre a toxina botulínica

A toxina botulínica, conhecida popularmente como Botox, é derivada de uma bactéria chamada Clostridium botulinum. Esta toxina é usada para prevenir ou suavizar rugas e linhas de expressão na área dos olhos (como pés de galinha), na área da testa ou no espaço entre as sobrancelhas.

Essas marcas de expressão são causadas por anos de contração do músculo facial, dieta inadequada, envelhecimento facial, tabagismo e exposição solar inadequada. Assim como os cremes antirrugas e outros produtos usados para esse fim, o Botox pode trazer resultados expressivos com mais rapidez.

A aplicação deve ser realizada por profissionais especialistas (como dermatologistas e cirurgiões plásticos) e médicos treinados nesta técnica. Quando injetada, a toxina botulínica atua como um bloqueador neuromuscular, que impede a transmissão de estímulos dos neurônios aos músculos, inibindo assim parcial ou completamente a contração muscular. Mesmo com esses obstáculos, com o passar do tempo, o próprio corpo vai produzir novas vias de transmissão, por isso o efeito do Botox é temporário.

Além de fins cosméticos, a toxina botulínica também pode ser usada para tratar a transpiração excessiva, espasmo hemifacial (quando metade da face está convulsionada), enxaqueca, estrabismo, espasmos disfuncionais (rigidez muscular excessiva), etc.

Qual a diferença entre Botox e preenchimento facial?

Embora a toxina botulínica possa desempenhar um papel na paralisia muscular, além de restaurar o volume facial e tratar o relaxamento, o preenchimento facial também pode ser usado para tratar áreas com rugas profundas. O Botox é adequado para rugas dinâmicas, ou seja, rugas que aparecem durante o movimento facial. Já os preenchimentos serão usados para rugas estáticas, como as rugas de expressão ao redor dos lábios e o famoso bigode chinês (linha formada entre o canto da boca e o queixo).

Quando é indicada a aplicação de Botox?

Geralmente, recomenda-se iniciar a aplicação após os 25 anos ou quando o paciente se sentir desconfortável com as rugas de expressão. Estão contraindicados pacientes alérgicos a qualquer componente das preparações de toxina botulínica, mulheres grávidas ou lactantes, pacientes com doenças neuromusculares, doenças imunológicas e coagulopatia.

Se realizado por médico qualificado, o uso do Botox pode ser considerado um tratamento seguro. Usar a substância regularmente e corretamente não causará perda de expressão e também previne o envelhecimento prematuro.

Resultados e duração do Botox

O efeito do Botox é geralmente visível após 48 horas e seu efeito máximo é perceptível após 15 dias. Não há necessidade de descanso após a aplicação, mas recomenda-se não fazer exercícios físicos ou massagens ou esfregar a área nas próximas horas.

O tempo de aplicação varia de 3 a 4 meses, mas em alguns casos, os resultados podem durar até 6 meses. O intervalo entre cada aplicação deve ser de, no mínimo, 3 meses e se esse tempo não for respeitado, pode fazer com que o organismo humano desenvolva resistência ao produto, fazendo com que a toxina botulínica perca seu efeito.

Após a operação, como a agulha é inserida na pele, pequenas abrasões podem ocorrer e os vasos sanguíneos podem ser perfurados, mas são rapidamente absorvidos pelo corpo. Os pacientes geralmente toleram bem o procedimento e, para os pacientes mais sensíveis, pomadas anestésicas ou gelo tópico podem ser usados para minimizar o desconforto local.

Quais são os benefícios do Botox??

Você sabia que o uso do Botox foi a primeira cirurgia plástica realizada por cirurgiões plásticos desde 1999? Os dados são de uma pesquisa realizada pela Associação Americana de Cirurgia Plástica Estética (ASAPS), do Banco Nacional de Estatísticas de Cirurgia Plástica dos Estados Unidos. Isso porque, além do tratamento seguro, os benefícios da toxina botulínica também são diversos e abrangem um público muito amplo.

O que é toxina botulínica?

A toxina botulínica, frequentemente chamada de Botox é uma substância produzida pelo Clostridium botulinum, que também pode causar botulismo.

A purificação e o uso de toxinas visam prevenir as contrações musculares, provocando assim o relaxamento da área, reduzindo assim as rugas e linhas de expressão causadas pelo envelhecimento natural da pele ou ativação frequente da área.

Quando a toxina botulínica é usada, ela impede que os neurônios liberem uma substância chamada acetilcolina. O mecanismo é muito semelhante ao comportamento de colocar uma parte da fita para isolar os fios. Isso evita a contração muscular, evitando assim a formação de rugas.

Atualmente, pelo menos quatro tipos de neuromoduladores de toxina botulínica tipo A foram autorizados pela Food and Drug Administration e / ou Anvisa do Brasil:

  • Botox (onabotulinumtoxinA);
  • Dysport® (abobotu- linumtoxinA);
  • Xeomin® (incobotulinumtoxinA)(4);
  • Prosigne® (5-6), utilizado apenas no mercado nacional.

Como é o tratamento com toxina botulínica?

O tratamento da toxina botulínica é rápido e quase não causa dor. A aplicação é feita no consultório médico e leva cerca de 15 minutos, durante esse tempo o médico aplicará um anestésico local para garantir conforto durante a operação.

Em seguida, a substância é injetada com o auxílio de uma agulha fina. Geralmente, o paciente retorna ao consultório para uma reavaliação em cerca de 15 dias. Se necessário, os profissionais farão pequenas alterações para garantir um melhor desempenho.

A quem se destina a toxina botulínica?

Este procedimento é indicado para pacientes que apresentam rugas e marcas de expressão devido ao envelhecimento natural da pele ou músculos hiperativos da região, podendo deixar marcas após 20 anos.

A toxina botulínica também pode controlar o suor nas mãos, pés e axilas e pode tratar enxaquecas ou dores de cabeça tensionais.

Finalmente, a substância também pode ser usada para pacientes com paralisia facial, incluindo crianças com menos de 2 anos de idade, para tratar a paralisia facial, após trauma de parto.

Quais são os principais benefícios da toxina botulínica?

A aplicação da toxina botulínica traz uma série de benefícios aos pacientes que fazem uso da substância. Conheça os mais importantes:

  • minimizar o impacto dos músculos faciais hiperativos, que podem levar ao aparecimento de rugas dinâmicas;
  • suavizar as linhas e marcas de expressão causadas pelo envelhecimento natural da pele;
  • melhorar a autoestima;
  • fazer o rosto parecer relaxado;
  • evitar a formação de marcas de expressão;
  • suavizar rugas em diferentes áreas do rosto, como pés de galinha, marcas entre as sobrancelhas e na testa.

Este tratamento pode ser usado para alterar a posição da anatomia facial, como levantar as sobrancelhas, cantos da boca, evitar que as gengivas fiquem expostas ou evitar que a ponta do nariz se projete para baixo ao sorrir.

O tratamento com toxina botulínica tem contraindicações?

Embora este seja um método muito seguro e testado com sucesso em todo o mundo, o uso de toxina botulínica não foi direcionado a mulheres grávidas e lactantes, porque nenhum estudo de segurança foi realizado em pacientes com essa condição. O tratamento também não é recomendado para pacientes que são conhecidos por serem sensíveis à toxina botulínica.

Procurando aplicação de Botox em BH? Clique aqui e agende uma consulta com a Dra. Priscila Cartaxo agora mesmo.

MAIS LIDOS

Blog

A caneta de jato de plasma realmente funciona? Conheça os benefícios

Blog

Saiba tudo sobre: lifting com fios de Polidioxanona (PDO)

Blog

Jato de plasma: o que é? Para que serve? Como é feito?

Blog

Mesoterapia capilar: solução para queda de cabelo em homens

Blog

Ultraformer: o tratamento definitivo de papada

Blog

Prejuvenation: pare de envelhecer antes de começar

Blog

Tratamento de olheiras: o poder do preenchimento de ácido hialurônico

Blog

Sculptra: o que é e como funciona o tratamento para tratar a flacidez da pele

Blog

Bioestimulador Radiesse®: o que é e quais as suas indicações?

Blog

Para que serve o tratamento com Sculptra?